sábado, 10 de setembro de 2011

Ibovespa: Chegamos no fundo do poço? Hora de comprar? - VI




Assim como foi feito na última postagem (sobre o S&P500), segue o IBOV plotado sobre o último estudo (apresentado no sábado passado, dia 03), mas com os dados dos pregões dessa semana.

O cenário para o Ibovespa continua ruim (veja as primeiras postagens aqui: 1, 2, 3, 4 e 5), assim como ocorre no S&P, mas com um certo viés de indefinição:
  • Perspectiva de alta, caso rompa o topo duplo e consequentemente a cabeça do pivô de alta (seta verde =  máxima de 01/09 aos 58.589);
  • Perspectiva de baixa, caso perca o fundo de 06/09, acionando assim um pivô de baixa (seta vermelha = mínima de 54.121 pontos), o que fortaleceria o cenário de queda.
Após o rompimento, para cima ou para baixo, o estudo continuará exatamente o mesmo feito no último dia 03/09.

Particularmente, a minha expectativa segue em linha com a última análise, com maior probabilidade de que o cenário de baixa se confirme de fato. Com isso, no meu ponto de vista, compras para montar e/ou aumentar uma carteira em renda variável (seja para Position ou mesmo para operações de Swingtrade), continuam tendo um risco x retorno desfavorável, e até mesmo desconfortável. Já as operações de compra para daytrade continuam bem vindas, além é claro, das operações na mão de venda.

Por fim, nas três telas laterais temos: A LAD do IBOV, que segue em linha com os últimos movimentos do índice, sem apresentar divergências. A segunda tela estampa o gráfico semanal, com o fechamento da semana (de 05 à 09/09), que deixou um candle de indefinição sugerindo o  fim do movimento de alta visto nas últimas duas semanas (a perda da mínima da última semana, em 54.121 pontos, pode ser a "pá de cal" que faltava). E por último, o gráfico mensal, onde precisaremos esperar o mês de setembro acabar para traduzir o movimento dos candles.
.