terça-feira, 26 de abril de 2011

Ibovespa para 26/04/2011



Após três altas seguidas, o S&P500 sentiu a resistência na casa dos 1.340 pontos (topo de 06/04), deixando um provável sinal de topo no pregão dessa segunda, sinal esse que se confirmará caso feche hoje abaixo da mínima de ontem (1.331). A se confirmar tal situação, teremos um topo duplo, com a neckline ("linha de pescoço") nos 1.295 pontos. Perdeu aí, "tchau e bença", pois tenderá a buscar o suporte marcado pelo fundo de 16/03 (1.250 pontos) = hora de operar vendido.

Os pontos de pressão para hoje são os extremos de ontem. O lado que romper (em fechamento) determinará os próximos movimentos. Com isso, vejo o cenário para hoje como neutro, no mercado americano.

Analisando o Ibovespa:

A exemplo do que aconteceu com o S&P500, o IBOV também sinaliza possível de topo no pregão de ontem (topo esse que se confirmará com um fechamento abaixo da mínima de ontem,  66.552). Com isso, o cenário para hoje se mostra neutro, por estarmos presos aos extremos de ontem. E são esses extremos que usarei como pontos de pressão para hoje. Um fechamento rompendo um desses extremos mostrará o caminho para os próximos pregões.

Olhando para os indicadores, meu IE segue "calado". H-MACD alinhado com o movimento dos últimos candles, sem apresentar divergências. Volume  baixo, sem indicação.

Se o mercado resolver andar hoje, mostrando para onde de fato vai, poderemos ter um dia de boas oportunidades (isso em daytrade´s, pois continuo vendo um cenário perigoso, fácil de ser stopado / startado, operando em tempos gráficos maiores, com ordens de proteção mais apertadas).
.