segunda-feira, 4 de abril de 2011

Ibovespa para 04/04/2011



A semana começa positiva na Ásia, com destaque, nessa madrugada, para o fechamento em alta de 2,65% do HangSeng. Por enquanto esse otimismo não vai se refletindo nas principais praças européias, que seguem próximas do 0x0.

Pelas Américas, o Dow Jones fechou mais um pregão em alta (sendo praticamente o 12º pregão seguido nessa situação). Chegou a trabalhar acima da resistência de +/- 12.400 pontos, mas cedeu no decorrer do pregão, fechando abaixo. Devido ao longo período de alta e ao teste na resistência, podemos ter um mais pregão (ões) de correção (natural), para aí sim deixar o topo para trás.

Volto a frisar que "...o que é preocupante nesse movimento é que toda essa alta foi basicamente com volume abaixo da média, e como sabemos o volume confirma o movimento...".

Os Índices Futuros novamente trabalham, na manhã de hoje, no campo positivo, corroborando para o rompimento dos 12.400 (isso senão perder força novamente frente à resistência).

Resumindo, vejo o cenário externo para hoje como neutro, sem viés definido.

Analisando o Ibovespa:

O IBOV rompeu a congestão na quinta e confirmou o movimento na sexta-feira, ao fechar em alta de 0,99%.

Após um período de 4 pregões seguidos de alta, meu IE (Indicador de Esgotamento) já sinaliza o 1º candle de enfraquecimento da força compradora (plotado automaticamente em vermelho), que já começa a pedir água (correção). O índice trabalha dentro de um curto canal de alta, que servirá como um excelente balizador para os próximos movimentos.

Fora o IE (citado acima), o H-MACD está alinhando com os últimos pregões em alta. O volume ainda não convenceu, mas segue trabalhando na média.

Por fim, o cenário interno se mostra positivo e  provavelmente buscará um teste no teto do canal, mostrado acima.
.