sábado, 16 de abril de 2011

Cenários para Ibovespa



Olhando para o Ibovespa e os seus possíveis cenários, temos pela frente dois que precisam e devem ser considerados:

Mercado de ALTA:
No último dia 07/04 (clique aqui para ver), o estudo matinal do IBOV (1) indicava que teríamos um movimento de baixa (correção de baixa, dentro do movimento de alta), com ponto de reversão na casa dos 67.250 pontos, pondendo "flutuar" até 65.463 pontos (que é o ponto que cancelaria o estudo - veja a "receita de bolo"). E com o pregão de ontem, o que temos é um provável fundo sendo deixado nessa região, ao fechar a sexta-feira em alta de 0,61%.

Um fechamento na próxima segunda, acima da máxima de ontem, confirmaria o fundo e consequentemente a reversão, tendo nesse caso, o objetivo de buscar a resistência dos 70.107 (topo de 06/04). Como suporte fica marcada a região dos 65.830 pontos (mínima de ontem).

Olhando para os indicadores, meu IE sinalizou esgotamento da força vendedora na quarta e quinta-feira (candle em amarelo, plotados automaticamente pelo meu Trading System), situação essa que precisamente antecipou o movimento de alta de ontem. H-MACD alinhado com o movimento de correção, sem apresentar divergências. O volume e que ficou devendo, não corroborando com a alta dessa sexta. 

O pregão de segunda definirá o provável caminho para próxima semana (de três dias somente): Se fechar acima da máxima de ontem, provavelmente teremos novos pregões de alta. Caso contrário o cenário negativo abaixo ganha força.



Mercado de BAIXA:
Vendo por um prisma negativo, não há muito o que se falar, que eu já não tenha dito na postagem feita no dia 05/04, com o título "Ibovespa para 05/04/2011 - II (ao estilo Nouriel Roubini)"(clique aqui para ver). Esse cenário ganha força com a perda da mínima de ontem (65.830) e principalmente, com a perda do fundo de 15/03 (que marcou mínima nos 65.463 pontos).

É bom ficar antenado, pois temos uma semana curta, e um feriado longo pela frente, o que deve trazer baixo volume de negócios nos três dias iniciais, e uma provável fuga da renda varíavel por parte de muitos investidores, que não se sentirão "confortáveis" em ficar posicionado no mercado, nesse período de Bolsa fechada.



Obs. 1Clique aqui para ver as postagens já feitas sobre o IBOV.
.