quarta-feira, 9 de março de 2011

Ibovespa para 09/03/2011



Os mercados asiáticos fecharam nessa madrugada com pequena valorização, com destaque para o índice Nikkei e seus +0,61%. Na Europa os três principais índices seguem em direções opostas, mas com leve variação, ainda sem definição de tendência para o dia.

Nos EUA, novamente o Dow Jones fechou dentro da congestão (que já dura 10 pregões), ou seja (resistência em 12.283 e suporte nos 11.983). Com isso continua valendo o que venho repetindo: "...Romper acima mantém a busca pelos 12.400 pontos. Já perder o suporte significa pivô de baixa = calor para os comprados ...".

Os índices futuros seguem com boa alta (respeitada as devidas proporções) nessa manhã, sinalizando abertura positiva do DJI (às 11:30h de Brasília), o que pode ser um "plus" para o IBOV, visto que abriremos às 13h.

Resumindo, enquanto o índice não se livrar da congestão, o cenário continuará neutro, e hoje em especial, sem um viés claro.

Analisando o Ibovespa:

O fechamento da última sexta não só deixou um candle sinalizando baixa (no diário), mas a junção dele com o de quinta-feira indica um forte sinal de reversão (da pequena alta que tivemos na quarta e quinta passadas), o que leva a crer que continuaremos limitados pela congestão que já dura 11 pregões.

Essa congestão tem seus limites na forte resistência em 68.225 e no suporte de 66.050 pontos. Enquanto não rasgarmos um dos extremos continuaremos com esse mercado "meia-boca", de poucas oportunidades.

Pelos indicadores, meu IE segue sem sinalização. H-MACD alinhado com a alta de quarta e quinta. O volume veio muito baixo, já fruto do feriado de carnaval. 

Traduzindo, para hoje vejo o cenário interno como neutro, com viés negativo.
.